Flertando com a mentira

Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros” (Ef 4.25). Jesus ensinou que a mentira procede do Diabo, pois ele mente desde o princípio, sendo inclusive o pai da mentira. Desta forma, todo aquele que mente se associa com Satanás, tornando-se cúmplice dele, ou, na melhor das hipóteses, brinca com a filha dele.

Há pessoas que se acostumaram tanto a mentir que chegam ao absurdo de acreditar que suas mentiras são verdades ou que se tornarão verdades. Ledo engano!

Paulo foi categórico com os irmãos de Éfeso que ainda praticavam ou viviam na mentira: “deixai a mentira” e doravante “falai a verdade cada um com o seu próximo”.

É dolorido ouvir um irmão em Cristo mentir. E, depois vir com desculpas esfarrapadas querendo se justificar, quando nunca há justificativa para a mentira. Por mais difícil que seja, a verdade deve ser sempre falada. É honesto e sincero.

A pessoa torna-se confiável e prova ter um bom caráter. Confesso que tenho dificuldades de lidar com mentirosos, embora tenha aprendido com Cristo a perdoar, mas quem mente para mim perde a minha total confiança, a menos que prove que deixou a mentira.

Que falemos, pois, sempre a verdade uns aos outros!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s